Menu

terra de espíritos

histórias, crônicas e contos

Blog posts : "General"

Não estão sozinhos

Por: Antonio Mata

Todas as ações necessárias haviam sido definidas. Voluntários do mundo físico estavam a bordo, igualmente prontos para presenciar…

Read more

O carro é bom

Por: Antonio Mata

Por mais que se quisesse reclamar, há de se convir que 14 anos é um bocado de tempo. Ainda assim, quando ficou sabendo do tamanho…

Read more

A procissão

Por: Antonio Mata

Balbuciava algumas palavras, afirmando ser muito insistente. Mesmo não dando atenção ou pensando em outra coisa. Não muito fácil …

Read more

Invisível e silencioso

Por: Antonio Mata

Estranho animal

De elos enrolados estava a serpente. Grande, silenciosa, hostil e mortal. Aguardava seu momento de agir. Ser e…

Read more

Os Tetras

Por: Antonio Mata

O parque extenso e arborizado, com diversos bosques, campos, pistas, trilhas e lagos, talvez indicasse uma grande praça de esport…

Read more

Inspiração

Por: Antonio Mata

O arranjo, por rudimentar que fosse, teria dado conta dos propósitos. Senão, ao menos parecia ter servido para alguma coisa. Esta…

Read more

O casal voltou

Por: Antonio Mata

O pedaço de cordão que prendia a bandeira foi transformado em uma maçaroca de fios. Um ano, dois anos. Nem que fossem três. Então…

Read more

Sobre a paciência

Por: Antonio Mata

Tivera os seus dias de força, rigidez e tenacidade na sustentação do resto para que não sucumbisse. Também já tivera sua vez de p…

Read more

A procisão

Por: Antonio Mata

Balbuciava algumas palavras, afirmando ser muito insistente. Mesmo não dando atenção ou pensando em outra coisa. Não muito fácil …

Read more

A cigana e o caçador

Por: Antonio Mata

O facão na mão direita desferia golpes ao léo. A espingarda de um tiro só nas costas, estava carregada. No bolso mais dois cartuc…

Read more

Mau-olhado

Por: Antonio Mata.

Gentil e de boa vontade, convidou os meninos, todos irmãos, para um lanche. A surpresa ficava por conta do cachorro-quente. Prát…

Read more

O vale

Por: Antonio Mata

Ninguém perguntou nada de ninguém. Mesmo assim, alguém achou de lhe dar uma resposta. Só ouvia uma voz desconhecida, sem poder de…

Read more

Passar

Por: Antonio Mata

A curiosidade que fez avançar o ímpeto humano, rumo às descobertas da ciência, não era diferente daquela que lhe fez queimar os d…

Read more

A chibata

Por: Antonio Mata

Nos tempos primordiais as lições eram as mesmas, tanto lá como aqui. Os castigos e punições estavam presentes. A compaixão, filha…

Read more

Os rebeldes

Por: Antonio Mata 

Vida e vicissitudes lado a lado. A superação das dificuldades sempre presentes. Lições importantes e necessárias. Quando se bus…

Read more

Talentos perdidos

Por: Antonio Mata

Até que acreditava, ou ao menos parecia acreditar, que de modo geral as coisas correriam relativamente bem. Não era rico, muito m…

Read more

O muro caiu

Por: Antonio Mata

Tudo muito antigo, carcomido e sabido. A caixa de ar sob o telhado era pequena. Assim, era quente durante o calor. Janelas com gr…

Read more

Deus, fantasmas e demônios

Por: Antonio Mata

Hy Brazil, sonhos e vozes

O senho franzido, de face compenetrada, apenas sustentava sua decisão de estar ali, sem, no entanto,…

Read more

Este céu

Por: Antonio Mata

Suave e bonito, nublado, de vento soprando que se estende ao horizonte, das quatro da tarde. Céu risonho, preguiçoso, mas falante…

Read more

Sob as águas

Por: Antonio Mata

Cuidavam de seus afazeres banhados por uma luz suave e penetrante. O tom esverdeado da folhagem fina, logo acima, ajudava a criar…

Read more

20 blog posts

Blog Search

Comments